(¯`·._.·[SEJA BEM VINDO]·._.·´¯)

Há duas formas para viver a vida: uma é acreditar que não existe milagre... a outra é acreditar que todas as coisas são um milagre!

Albert Einstein.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

APRENDENDO OUTRO IDIOMA NA INFÂNCIA

Aprender outro idioma na infância

Com tanta abertura e informação desde cedo, o contato com outras culturas se torna mais acessível e a comunicação vem como um importante elo de ligação para o desenvolvimento da troca, inerente ao contato com o novo.
Ainda na infância o investimento no aprendizado de uma segunda língua reflete a vontade dos pais em ver os filhos desenvolvendo um conhecimento extra e que a longo prazo certamente trará benefícios pessoais e profissionais, desde a desenvoltura social e também nas escolhas acadêmicas, como a  faculdade ou curso escolhido.
Nas escolas brasileiras de ensino médio e básico o espanhol  e o inglês já faz parte da grade escolar. Mas a dedicação pessoal faz uma grande diferença. Se o novo idioma for apresentado à criança ainda cedo é certo que os passos para desenvolvê-lo serão facilitados pelo contato prévio.
Há muitas maneiras de introduzir esse estudo dentro do entendimento infantil. Além de cursos de línguas particulares o ambiente de casa pode servir também como exercício. Basta dedicar um tempinho e investir. Inicialmente o interesse da criança por outra língua é construído junto com o adulto quando é exposto de maneira divertida.
Exercícios que se confundem com brincadeiras são os mais indicados para crianças a partir dos 5 anos. O nome das cores, dos animais, frutas e verduras será inicialmente o que eles vão memorizar. O uso de musiquinhas com repetições de vocabulários, desenhos e gravuras que façam correlação com novas palavras são fáceis de serem utilizados.
Nesta fase introdutória de um outro idioma, a criança deve se sentir confortável e não cobrada por resultados extras, o diferencial é que o gosto por outras línguas seja construído de maneira lúdica e dentro do contexto da idade da criança. A sua interação virá atrelada ao interesse próprio, mas incentivada pelos fatores exteriores.
Treinar pequenos diálogos em inglês, utilizar nas brincadeiras também é uma forma de inserir a nova linguagem no universo infantil. O mercado literário e de idiomas presta muita atenção a esse público e dispõe de muitos materiais desenvolvidos especialmente para eles. Audiobooks, livros ilustrados, CDs com músicas e karaoke em outras línguas, além de cartoons e filmes que ajudam os pequenos a entrarem no ritmo das línguas estrangeiras.
Você já começou a ensinar outras línguas para seu filho(a)?





Nenhum comentário: